quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Tudo Sobre a Amamentação "O início"

Olá, hoje a prosa é sobre amamentação! O que acontece na vida da mamãe de primeira viagem.
Tudo o que as futuras mamães precisam saber, muitas já passaram e outras iram passar, o que muda e como é para a mamãe, para o bebê?

Sobre a sensibilidade nos Seios, o começo da amamentação - a Mãe!

Meu Relato:
Devido a minha alimentação durante a gravidez, com 7 para 8 meses eu já estava produzindo leite a ponto de vazar, o que me deixava muito contente. 
Mas o que ninguém me disse, e eu não me atentei a pesquisar foi sobre depois que o bebê nascesse referente a isso. O Bico e suas dores nos primeiros dias. 
Enquanto eu estava no hospital a minha bebê, não teve problemas para pegar o peito, claro que mamãe de primeira viagem ( e eu metida a sabichona, rs) já a coloquei apertava o bico e ela mamava e muito, com grande frequência. Mas mesmo na maternidade com ajuda e orientação das profissionais que lá estavam meu bico já apresentou sensibilidade. Elas diziam que a bebê estava pegando certo, mas no meio da mamada ela soltava e pegava errado.


Meu ponto de vista, agora passados dez meses...
Gente, tem a maneira correta do bebê pegar com a boca? Sim tem. Porém a partir daquele momento você vai ter um lindo Ser que depende de você para se alimentar, vai mamar constante (eu até hoje nunca cronometrei as mamadas da Maria Eloisa sô posso dizer que ela só a noite mamava de 3 em 3 horas até os três meses, por que durante o dia era direto) Voltando ao raciocínio rs O bico do seu seio está rígido, no meu caso eu já tinha bico, em algumas mulheres ainda tem que formar com as mamadas. A boca do seu bebê é muito pequenina para pegar bico e aureola.  Então assim, são muitos os fatores para deixar o seio tão sensível. ( Por isso que quando vejo uma gravidinha já falo, usa as pomadas a base de lanolina rs e fica esticando, massageando o bico) enquanto a Maria Eloisa não estava mamando eu fazia muito isso mesmo dolorido) hoje parece de borracha 
É bom ir massageando o bico, a aureola, quanto mais maleáveis o bico ficar melhor será.

 Ao chegar em casa, após dois longos dias sem dormir direito na maternidade, aquele incomodo no bico do seio começou. 
Enquanto ela estava dormindo, eu tratava do bico, com soro fisiológico para refrescar, por que devido a sensibilidade ficava quente. Usava uma pomadinha chamada Candicort, para cicatrização (apesar que meu bico não rachou, não sangrou, mas, usei apenas algumas vezes e quando ia dar mama eu lavava o seio, para retirar por completo, deixava agir só por alguns minutos) e pomadinhas a base de Lanolina, usei a Lanidrat e também a Millar. Este era o meu kit durante os primeiros quinze dias. Depois da ajuda de primas, amigas, tias, familiares do meu esposo, tudo entrou nos eixos. E me diziam depois você nem vai lembrar da dor, e é verdade. Tudo passa e o que fica são as doces lembranças.
                                  Esse foi o meu  kit amamentação, que me ajudou muito no inicio


Os primeiros dias da amamentação - O Bebê 
Depois do primeiro ou segundo dia de vida, em que o bebê está mais sonolento, é normal ele parecer que está sempre com fome. Isso porque ele provavelmente está sempre com fome, já que o leite materno é digerido bem rápido. 
A maioria dos recém-nascidos quer mamar entre 8 e 15 vezes ao dia depois do quarto dia de vida, e no fim da primeira semana esse número costuma se estabilizar em entre seis a oito mamadas (ou seja, mais ou menos de três em três ou de quatro em quatro horas). 
Saiba também que o intervalo entre as mamadas, o tempo que o bebê fica no peito e a quantidade de choro não são indicadores suficientes para medir se ele está mamando bem ou não, porque variam muito de criança para criança. 
Entre outros, alguns sinais de que ele está mamando direitinho são:
  • O bebê mama no mínimo de seis a oito vezes por dia nas primeiras três semanas.
  • As mamas esvaziam e ficam mais macias depois que o bebê suga.
  • Após a mamada, ele se mostra relaxado e satisfeito.
  • O número de fraldas molhadas começa a aumentar a partir do quinto dia. Num período de 24 horas, o bebê deve ter molhado entre seis e oito fraldas. 
  • (Nas fraldas descartáveis, para saber se ela está bem "xixizada", compare o peso da fralda usada ao de uma fralda seca. Ela deve estar mais pesada.) A urina do bebê deve ser clara e sem cheiro.
  • Você percebe que o bebê engole o leite, quando o observa mamando.
  • O bebê faz cocô amarelo-mostarda ou mais escuro. A partir do quinto dia depois do nascimento, as fezes devem começar a clarear.



Imagem Original do site: http://www.coisaspraver.com/2013/06/como-amamentar-o-bebe-recem-nascido.html

Direto ao ponto: o que é essencial saber
Antes de qualquer coisa, conheça os pontos básicos da amamentação:
  • Quando o bebê pega o peito direitinho, a amamentação não deve doer.
  • O bebê tem de colocar quase a aréola inteira dentro da boca para mamar.
  • Quanto mais o bebê sugar, mais leite a mãe vai produzir.
  • O tamanho do peito não tem nada a ver com a produção de leite.
  • Um peito que produz leite suficiente não necessariamente fica vazando.
  • O leite de verdade só aparece três ou quatro dias depois do parto. É assim com todas as mulheres. O que vem antes, o colostro, é ótimo para o bebê, mas a quantidade é pequena mesmo.
  • É normal o bebê perder cerca de 10% do seu peso nos primeiros dias. Ele nasce com uma "reserva" e volta a ganhar peso conforme o leite desce e ele se acostuma com a amamentação.



Espero que as dicas seja uteis, pois é um período maravilhoso é uma descoberta maravilhosa.
Você se sente amada mais do que nunca. Vale a pena passar por isso, saber que sua filha está crescendo, desenvolvendo é gratificante. Estar no seu colo se sentir segura e amada.
Maravilhoso, mesmo para as mães que por muitos motivos passaram a dar fórmulas. o importante é dar sempre o colo, muito amor. Por que são joias preciosas que o Senhor nos concede.

Renata de Oliveira ;)